© 2017 by Editora Vira Letra

contato@editoraviraletra.com.br | 16 981312322

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

[in]contadas é uma coletânea de 15 contos de literatura lésbica, escritos por 15 autoras que  representam a diversidade de ser mulher e lésbica.  

 

É uma coletânea de distribuição gratuita, e a leitora só paga o frete (por registro módico, R$ 8,00)

Clique no botão "veja mais" e não se esqueça de confirmar o seu endereço no PagSeguro!

Livro impresso gratuito

Frete R$ 8,00

incontadas - ebook

Livro digital gratuito

disponível no Google Books

Esta coletânea surge com a pretensão de buscar uma oportunidade para traduzir, dar voz e tornar visível uma realidade que ainda é minoritária na produção literária LGBT: a da mulher lésbica como protagonista-narradora-sujeito desejante, portadora da voz, do ponto de vista e do discurso. 


As organizadoras da coletânea Diedra Roiz e Manuela Neves escrevem na apresentação: "Quando falamos sobre literatura com temática lésbica, não estamos falando da criação de um rótulo. Estamos falando da criação de uma representatividade. Não que exista uma identidade única para representar a mulher lésbica. É exatamente o oposto que queremos mostrar: a pluralidade de ser mulher e ser lésbica". 
 

Saber respeitar a diversidade é uma tarefa difícil em uma sociedade que cria padrões a partir da construção de modelos pré-estabelecidos, e isso não é diferente dentro do universo LGBT. 
 

Os textos desta coletânea pretendem ser inovadores na medida em que as narrativas lésbicas expressam realidades buscando deixar a invisibilidade de uma sociedade patriarcal, heteronormativa e sexista, que considera um casal de mulheres como sendo “duas mulheres sozinhas”. 
 

São 15 autoras maravilhosas, cada uma com um conto imperdível: Ana Paula Enes, Bel Mazzanti, Carla Gentil, Cidinha da Silva, Danieli Hautequest, Diedra Roiz, Hanna K., Inaê Diana, Jackie Rodrigues, Lis Selwyn, Manuela Neves, Márcia Rocha, Marina Porteclis, Priscila Cruz e Wind Rose. 
 

Coletânea organizada pela escritora Diedra Roiz e pela editora Manuela Neves, realizada por meio do Programa de Ação Cultural - PROAC, do estado de São Paulo.